top of page

2º Salah Shriners Music Festival arrecada R$ 70 mil para investimentos na saúde infantil.

O almoço de domingo já tem um quê diferente. E esse 17 de setembro foi ainda mais especial para as cerca de 800 pessoas que se reuniram no 2º Salah Shriners Music Festival , no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis, para confraternizar, se divertir e contribuir para a melhoria de diversos serviços de saúde infantil em várias regiões do Estado. Além do público que abraçou a causa, também participaram do evento representantes da imprensa e autoridades.


"O evento foi um sucesso. A gente conseguiu triplicar o número de participantes em relação à primeira edição, do ano passado. Superamos as nossas expectativas. Essa grande parceria que a gente fez com o Costão do Santinho vai nos ajudar a continuar arrecadando mais, para podermos desenvolver as nossas atividades com tranquilidade", comemora Guilherme Morandini Wallner, presidente do Salah Shriners, associação responsável pela promoção do evento.


Para retribuir aqueles que prestigiaram o evento, nada melhor do que um cardápio de primeira, bebida liberada e música de qualidade. Depois de um delicioso almoço, o público levantou para curtir grandes sucessos na apresentação da consagrada banda Zawajus. Para fechar o dia, também com um astral lá em cima, teve ainda o show do Sonido Club, que recém chegou de turnê pela Europa.


O 2º Salah Shriners Music Festival foi promovido pelo Salah Shriners Santa Catarina, com apoio do Costã

o do Santinho Resort, Peixada do Gui e R2T Travel.


Recursos arrecadados já têm destino certo


Ao todo, foram mais de R$ 70 mil arrecadados para investimentos em diferentes frentes de atendimento na área da saúde de crianças. Os recursos serão aplicados, por exemplo, para a ampliação da casa de apoio da Rede Profis, que é a Rede Nacional de Associações de Pais e Pessoas com Fissura Labiopalatina.


Outra parte dos recursos será destinada ao Hospital Regional do Oeste, de Chapecó. Por lá, os valores são fundamentais para a aquisição de próteses e gesso para atendimento na UTI pediátrica, nas situações em que não há cobertura pelo Sistema Único de Saúde.


O atendimento aos casos de queimaduras também é outro pilar trabalhado. Em uma das iniciativas, serão confeccionados livros voltados a crianças de 6 a 10 anos, com foco na prevenção, que serão entregues por todo o Estado. Além disso, será iniciado um programa para alinhamento e capacitação aos profissionais de saúde que prestam o primeiro atendimento aos pacientes. O objetivo é garantir a uniformidade nos procedimentos até que as crianças vítimas de queimaduras cheguem ao Hospital Infantil Joana de Gusmão, que é referência no assunto.


Estamos aqui neste evento juntando esforços para a melhoria da qualidade de todo o atendimento da criança, independentemente de qual área da saúde. Tudo isso que os Shriners fazem melhora o acolhimento e humaniza o atendimento das crianças catarinenses na saúde”, avalia Levy Rau, diretor-geral do Hospital Infantil Joana de Gusmão.





43 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page